2016: O ano em revista aqui no Contramapa

Ainda dá para fazer uma retrospectiva de 2016? Já vamos a dia 5 de Janeiro, mas eu acho que ainda dá. Então ‘bora lá.

2015 foi um ano de grandes viagens. Ou melhor dizendo, uma grande viagem que foi a razão de fundação do Contramapa – a viagem de costa a costa que fiz nos Estados Unidos durante mais de um mês. 2016 foi, portanto, um ano de contenção, poupança e preparação para novos rumos! Sobre as poucas viagens que fiz para fora de Portugal (Londres, Holanda, Bélgica) poucas palavras escrevi aqui no blog.

porto palafitico carrasqueira

E apesar da palavra “contenção” poder assustar (quê? troika?), não foi um ano nada, nada mau aqui no Contramapa. Continuei a minha saga de artigos sobre os Estados Unidos, o que incluiu roteiros de viagem, diários de viagem e artigos com dicas de viagem aqui no blog. Continuei também a escrever reportagens para a revista Volta ao Mundo, sobre São Francisco e Brooklyn. Mas, acima de tudo, viajei (e escrevi) muito sobre o nosso Portugal.

visitar gerês

2016 trouxe também uma reviravolta no layout do blog. Foi lançado o novo website, com uma imagem muito mais apelativa e melhor organizado (pelo menos, eu acho :))

Passados 12 meses, este blog ganhou MUITA vida. Somos mais de 4.100 no Facebook, 4.700 no Instagram e 1.300 no Twitter. E, por essa razão, deixo-vos aqui os artigos mais lidos publicados em 2016, se quiserem recordar comigo ou aproveitar para apanhar o barco.

1 – Onde Comer – 4 Restaurantes na Costa Vicentina

Eu sou bom garfo e os meus leitores também. Em Junho fiz uma pequena roadtrip pela Costa Vicentina e o resultado dos melhores locais que encontrei para comer encontra-se aqui.

2 – 10 Dicas de Fotografia na Viagem

Aqui podem consultar algumas dicas para tirar melhor fotografias durante as vossas viagens. Não são dicas profissionais, apenas pequenos truques e mudanças de atitude que vos vão fazer guardar as melhores memórias.

3 – 10 das melhores praias da Costa Vicentina

Do Burgau a São Torpes, aqui vão descobrir as melhores praias da costa vicentina portuguesa. E eu já dei um mergulho em todas!

4 – Onde Comer – 4 Restaurantes no Minho

Eu não disse que éramos todos bons garfos? No verão estive de férias pelo Gerês e fui descobrir onde comer. Também descobri as povoações e monumentos do Gerês, e as cascatas e trilhos.

5 – Roteiro de 7 Dias em São Tomé

Depois de muita pesquisa e tendo por base a minha experiência de voluntariado em São Tomé, escrevi um roteiro de 7 dias em São Tomé. Tem atividades para cada um dos dias e pode ser muito útil.

saotome

Finalmente, 2016 foi também um ano em que conheci muitos outros bloggers através das redes sociais. Aproveito para deixar um olá a todos eles! E também um olá aos leitores que me enviaram e-mails a pedir mais informação sobre as minhas viagens e a todos os que deixaram um comentário aí em baixo. Boa sorte para as vossas viagens!

E para 2017?

Para 2017, vou voltar às grandes viagens. O grande destino deste ano vai ser o Japão. Se tudo correr como planeado, vou estar um mês por bandas nipónicas já em Abril. No verão, o plano é voltar a São Tomé, um destino que tem um lugar especial para mim desde o meu voluntariado. Quero também continuar a explorar Portugal e talvez faça uma viagem a Marrocos.

Vai ser um ano em grande, pelo menos de grandes mudanças. E, agora, com o novo website lançado, vou-me dedicar àquilo que é mais importante depois de viajar: escrever!

visitar aldeias do xisto

Portanto, se ainda não o fazem, acompanhem também a página do Contramapa no Facebook, no o Twitter e no Instagram. Para receberem as novidades na caixa de entrada, introduzam abaixo o vosso e-mail. 🙂

E vocês, que viagens estão a guardar para este ano? Partilhem nos comentários as vossas viagens!

Chamo-me Diana.Gosto de ler, gosto de escrever e tenho ganho o gosto de viajar. Decidi juntar as histórias acumuladas neste espaço e chamei-lhe Contramapa. Porque nas contracapas dos meus livros existe sempre um mapa, um sítio onde ir, um local a descobrir. Aqui podem conhecer as minhas histórias e viagens em livro aberto.

Novidades, dicas de viagem e promoções diretamente na tua caixa de entrada. Introduz o teu e-mail para saber tudo em primeira mão.

CONTRAMAPA

6 comentários
  1. Catarina Gralha
    Catarina Gralha says:

    Para mim, viajar por Portugal é tão importante como visitar o resto do mundo. Conhecer o nosso país (que é tão bonito) é uma prioridade para mim. Estive no Japão por pouco tempo – e em trabalho – mas posso-te dizer que é um país incrível. Adorei cada momento que passei lá, e espero que gostes tanto como eu!

    Responder
    • contramapa
      contramapa says:

      Olá Catarina! Sim, também sou da mesma opinião, viajar por Portugal é muito importante e há tanta coisa por descobrir! Também é uma prioridade para mim! O Japão via ser uma enorme aventura, em princípio vamos conseguir estar muito tempo lá… estiveste apenas em Tóquio? Se tiveres dicas, diz! 🙂
      Beijinhos e bom ano!

      Responder
  2. Paula Calheiros
    Paula Calheiros says:

    olá!

    cheguei a este blog não sei bem como mas gostei muito:)
    está apelativo e muito bem organizado. Inspirou-me.
    antes de ter filhos viajava bastante e para longe (Índia, Japão, Rússia…) , ultimamente tenho andado a descobrir o nosso lindo Portugal, cheio de belas surpresas, mas o bichinho das viagens distantes está-me sempre a ameaçar 🙂 enquanto não retorno gosto de ler sobre quem o faz!

    Parabéns e um ano cheio de boas viagens!

    Responder
    • contramapa
      contramapa says:

      Olá Paula!
      Seja muito bem-vinda ao Contramapa!
      Obrigada pelo elogio, realmente esforço-me por ter aqui conteúdo útil por aqui. Olha que eu quando não posso ir para muito longe, vou descobrir Portugal e tenho me surpreendido bastante… é uma coisa que quero continuar a fazer, mesmo com as viagens lá fora!
      Também gostei do teu blog, especialmente o logo. Um dia tenho de me aventurar mais pelo Porto, uma cidade que ainda não conheço a fundo, apenas com breves passagens!

      Beijinhos e bom ano!!

      Responder

Deixa um comentário

Gostaste do artigo?
Tens dicas para partilhar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.