pais basco

Curvas e contracurvas que se perdem nas cadeias montanhosas, um clima que nem sempre colabora e pequenas povoações à beira de um mar morno, mas semisselvagem. Esta não é a imagem mais típica de Espanha, mas foi a que encontrámos no País Basco.

Se ainda não conhece esta zona da Península, eis algumas ideias para uma próxima viagem em Espanha.

Bilbau

Com cerca de 350.000 habitantes, Bilbau é a maior cidade do País Basco. Com uma história e cultura muito ricas e uma arquitetura de vanguarda, a cidade liga as montanhas e o mar do Golfo da Biscaia, sendo que as suas peculiaridades a tornam única e muito acolhedora. Aconselhamos uma visita ao Museu Guggenheim local, assistir a uma ópera no Palácio de Congresos y de la Musica Eudkalduna e um passeio pelo Casco Viejo para desfrutar dos pintxos da gastronomia local e de um copo de vinho da zona demarcada de La Rioja.

pais basco

Bosque de Oma

Em 1984, o artista basco Agustín Ibarrola teve a ideia sui generis de pintar um bosque com cores vivas e figuras fantasiosas, criando assim uma obra de arte ao ar livre. Para encontrar o bosque, é preciso caminhar 3 kms e embrenhar-se pelas árvores. Mas vale a pena o esforço pois, além de peculiares, as figuras que encontra dão uns efeitos, digamos, diferentes ao local.

Guernica

A cidade ficou na história pelas piores razões: durante a guerra civil espanhola, foi bombardeada pela aviação nazi naquilo que seria um dos maiores testes de armamento e uma antevisão negra daquilo que seria a II Guerra Mundial. Mais de 1.600 civis faleceram nos bombardeados, o que representou, na altura, um terço da população. Apesar de Franco nunca ter assumido a responsabilidade pelo ataque, Pablo Picasso imortalizou e mostrou ao mundo o horror que foi vivido nesta vila basca. A reprodução do quadro de Picasso pode ser visto nesta vila, tal como o Museu de la Paz.

Hondarribia

Pequena cidade basca com casas típicas coloridas, das maiores às mais modestas, de ruas estreitas e pequenos pátios, Hondarribia exibe na sua parte alta um castelo imponente, contemporâneo de Carlos V. À beira-mar, visite o Barrio de La Marina, a antiga zona dos pescadores, hoje a parte mais turística da localidade, embora ainda poupada ao turismo de massas.

Ilhéu de San Juan de Gaztelugatxe

Situado a 35 kms de Bilbau, o ilhéu de San Juan de Gaztelugatxe é uma pequena maravilha natural, para onde se consegue passar apenas por uma estreita faixa de rocha, onde se encontra uma ermida erguida em honra de São João Batista. Se gosta de caminhadas na natureza, esta é uma oportunidade a não perder e relativamente simples: são apenas 15 minutos a caminhar num terreno bastante plano. Nos últimos anos, o ilhéu tornou-se popular devido à série Guerra dos Tronos, onde se encontra Dragonstone, o castelo de Daenerys Targaryen.

Devido à grande afluência e às medidas de proteção ambiental do local, os bilhetes para entrada no ilhéu são limitados e terão de ser reservados de antemão – nos meses de verão, com meses de antecedência. Reservem aqui a vossa visita.

Laguardia

Em Laguardia produz-se o famoso vinho La Rioja, sendo a sub-região de La Rioja Alavesa a mais exclusiva. La Rioja foi a primeira região vinícola espanhola a receber o estatuto DO (Denominação de Origem), o que deixa desde logo transparecer a importância que a produção do vinho sempre teve, e continua a ter, para os seus habitantes.

A pequena povoação de Laguardia tem cerca de 60 bodegas (lagares) – o que corresponde a uma proporção de 1 adega por 25 habitantes. Localizada no alto de uma colina, permite uma bela panorâmica das vinhas circundantes e dos picos da serra Cantábrica.

Pamplona

Pamplona é sobretudo famosa pelas suas largadas de touros nas festas de San Firmin durante o mês de julho, mas é também uma das principais paragens da rota local do Caminho de Santiago, exibindo várias igrejas góticas muito antigas e com um centro histórico interessante.

Parque natural de Gorbeia

Trata-se de um grande parque protegido, com cerca de 20.000 hectares de extensão, o maior do País Basco. Oferece de tudo um pouco, desde passeios por entre a vegetação abundante, pequenos ribeiros que serpenteiam por entre árvores velas – de centenas de anos – , e zonas de pastagem para animais. Enfim, uma maravilha natural que fará as delícias de qualquer amante da natureza.

Portugalete

O nome desta localidade nada tem que ver com Portugal. Pelo menos a acreditar no que é explicado pelos locais: deriva da antiga designação Puerto de Galeotes (Porto de Galés). É hoje uma pequena cidade portuária muito perto de Bilbau com uma peculiaridade que lhe valeu o galardão de Património Mundial da UNESCO: a Ponte Suspensa da Biscaia, que liga Portugalete a Getxo, a primeira ponte de transbordo do mundo, construída em 1893 e ainda hoje em funcionamento.

San Sebastián

San Sebastián fica situada na pitoresca região de Gipuzkoa, rodeada por altas colinas verdejantes, que se estendem desde as montanhas até ao mar do Golfo da Biscaia. A cidade vive em todo o seu esplendor durante o verão, oferecendo belas praias e uma ótima gastronomia. Pode visitar-se o Palácio de Miramar, o Museu de San Telmo, a Baía da Concha e o Monte Urgull, onde terá uma das melhores vistas sobre a cidade.

O fim de tarde é ótimo para passear pelas ruas e ruelas estreitas da parte antiga da cidade, passando pelas pequenas lojas locais e preparando o estômago para a profusão de sabores que lhe são oferecidos pelos bares de tapas (os pintxos, deliciosos e para todos os gostos, são obrigatórios) e restaurantes que encontra em cada esquina.

Vitoria-Gasteiz

Ao contrário do que muita gente pensa, a verdadeira capital do País Basco é a cidade de Vitoria-Gasteiz, uma cidade muito antiga, fundada no séc. XII, que conserva um centro histórico com vestígios medievais em cada canto. Destaque natural para a Praça da Virgem Branca, rodeada por edifícios históricos, sendo o mais importante o da Catedral de Santa María.

Veja outros artigos sobre Espanha.

O presente artigo foi escrito em parceria com a Auto Europe, um parceiro de viagem que garante o veículo de aluguer certo para si. Presente em mais de 24.000 balcões de 180 países por todo o mundo, orgulha-se de lhe conseguir sempre o carro ideal para a sua viagem. Quer vá numa escapadinha e precise de um simples carro citadino ou utilitário para viagens curtas dentro da cidade e nos arredores com a sua cara-metade, quer prefira um espaçoso monovolume ou um moderno SUV para levar a família com o máximo conforto nas suas férias, temos o que precisa. Faça a sua reserva online ou peça ajuda a um dos nossos agentes de reservas pelo telefone e explore o País Basco ao seu próprio ritmo!

Chamo-me Diana.Gosto de ler, gosto de escrever e tenho ganho o gosto de viajar. Decidi juntar as histórias acumuladas neste espaço e chamei-lhe Contramapa. Porque nas contracapas dos meus livros existe sempre um mapa, um sítio onde ir, um local a descobrir. Aqui podem conhecer as minhas histórias e viagens em livro aberto.

0replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.