Depois de conhecer Sausalito, Tiburon e a origem de São Francisco e de mergulhar na contracultura de Haight-Ashbury, o último dia na cidade foi bastante preenchido. Fomos visitar a a prisão de Alcatraz em São Francisco e outros locais perto do Embarcadero.

A prisão de Alcatraz em São Francisco

Levantámo-nos cedo e a nossa primeira visita foi à ilha de Alcatraz. Localizada a cerca de 2kms da costa, a pequena ilha tornou-se famosa pela prisão federal que aqui funcionou de 1934 a 1963.

visitar-sao-francisco-4983

Esta foi uma prisão de segurança máxima, destinada a acolher os criminosos mais perigosos dos Estados Unidos. Aqui, estiveram presos Al Capone e Robert Stroud (O Birdman de Alcatraz), entre outros.

visitar-sao-francisco-4946

A prisão tornou-se também famosa pelas tentativas de fuga míticas, dignas de um filme de Hollywood. Houve, no total, 14 tentativas de fuga, sendo que houve apenas 1 tentativa em que os fugitivos poderão ter sobrevivido (mas não é certo!).

Os presos construíram bonecos de papel e colocaram-nos dentro da cama para simular que dormiam, fugiram pelos estreitos corredores de mantimentos e saltaram ilha fora num barco insuflável. Só não se sabe se sobreviveram às águas bravas do Pacífico…

visitar-sao-francisco-4896

visitar-sao-francisco-4965

Após o encerramento da prisão de Alcatraz em São Francisco, um grupo de nativos americanos invadiu a ilha para aí instarem uma comunidade ativista em 1969. A ocupação durou 19 meses, durante os quais os 89 residentes se manifestaram pelos direitos civis da comunidade de nativos americanos, protestando contra a falta de recursos das propriedades cedidas a esta comunidade. O protesto acabou por terminar com intervenção policial, mas as marcas do ativismo levado a cabo ainda se mantêm nas paredes do antigo estabelecimento prisional.

visitar-sao-francisco-4863

Hoje, Alcatraz é uma das atrações mais visitadas de São Francisco. E com razão! É um mergulho na história norte-americana e podemos ver de perto os pertences dos presos, como vivam e como funcionava a prisão. Para visitar, basta ir ao site da Alcatraz Cruises e adquirir um bilhete de ida e volta de ferry, que inclui também a entrada no museu. Os bilhetes custam $35,50, mas vão cedo se quiserem aproveitar a melhor hora para tirar fotografias e fugir à enchente de turistas.

visitar-sao-francisco-4996

O Embarcadero de São Francisco

Quando voltámos de Alcatraz, decidimos conhecer a zona costeira de São Francisco, o chamado Embarcadero. 

O primeiro ponto de paragem foi o Pier 39, onde se encontram várias lojas e o Aquarium of the Bay. Não entrámos no aquário, mas vale a pena a paragem para se ver a ponte Golden Gate e a ilha de Alcatraz ao longe. E, também, para conhecer os leões marinhos que por lá moram.

visitar-sao-francisco-5147

Seguimos em frente até ao Fisherman’s Wharf de São Francisco. Aqui é o local ideal para comer uma clam showder, um espécie de sopa de ostra, e ir à padaria Boudin Bakery, onde se encontram pãezinhos em forma de animais.

visitar-sao-francisco-5087

Nós decidimos também almoçar por aqui, num dos fast foods mais conhecidos da Califórnia, com tudo o que tínhamos direito: o In-N-Out. É tipo o McDonald’s indie.

visitar-sao-francisco-5104

Sendo um local cheio de turistas, o Fisherman’s Wharf tem muitas atrações para os visitantes. Além das centenas de lojas, há o navio USS Pampanito, o San Francisco Maritime National Historical Park, o Museu da Cera, o Museu Mecânico e o Ripley’s Believe it Or Not.

visitar-sao-francisco-5108

Nós dispensámos a vertente mais cultural da coisa e insistimos na gula. Fomos à Ghirardelli, a terceira marca de chocolates mais antiga dos Estados Unidos, cuja segunda loja foi fundada aqui, em São Francisco, em 1850. Estava-se em plena gold rush e os mineiros ansiavam por chocolate. Os mineiros foram-se mas o chocolate ficou!

visitar-sao-francisco-5117

Os chocolates e gelados são de babar e ainda podemos observar como tudo é feito. E o melhor? É que na parte da loja, estão sempre a dar pequenos chocolates para provarmos, o que é perfeito para quem está em contenção de custos!

visitar-sao-francisco-5127

Para terminar o dia fomos a Fort Mason, o principal porto militar durante a II Guerra Mundial. Foi transformado numa centro para as Artes e Cultura, acolhendo vários eventos e instituições culturais, que podem ver aqui.

visitar-sao-francisco-4803

No dia em que visitámos havia um festival de street food a decorrer. Mas, por mais que quisesse, não conseguia ingerir mais alimentos. O dia estava feito!

No dia seguinte foi altura de partir para Bodie e para o Yosemite. Mas não sem antes nos despedirmos da cidade com esta magnífica vista de Twin Peaks. Aqui, havemos de voltar.

visitar-sao-francisco-5488

Gostaram do artigo sobre o Embarcadero e a prisão de Alcatraz em São Francisco? Leiam também onde estive antes: Contracultura no Haight-Ashbury, Sausalito e a Origem de São Franciscode visita no Big Sur e Los Angeles e Santa Monica. Vejam também o Roteiro de 1 mês pelos EUA.

Podem também acompanhar o Facebook, Instagram e Twitter do Contramapa.

Chamo-me Diana.Gosto de ler, gosto de escrever e tenho ganho o gosto de viajar. Decidi juntar as histórias acumuladas neste espaço e chamei-lhe Contramapa. Porque nas contracapas dos meus livros existe sempre um mapa, um sítio onde ir, um local a descobrir. Aqui podem conhecer as minhas histórias e viagens em livro aberto.

14 replies
  1. Rui Baptista
    Rui Baptista says:

    Ufa ufa… até eu fiquei “cheio” lol Só substituía o hamburguer por peixinho :))) Gosto de prisões transformadas em lugares de “peregrinação”. O relato fez-me lembrar a de Ushuaia, no fim do Mundo. Gostei do dia em S. Francisco 🙂

    Responder
  2. Marta Chan
    Marta Chan says:

    Tão bom rever o Alcatraz, foi sem duvida um dos locais que me deixou mais a pensar. Escolheste o audio em português? Era a voz de um brasileiro muito cómica, partimo-nos a rir no meio da prisão… enfim! Ainda bem que foram ao Twin Peaks, é um bom spot para ver a cidade de cima 🙂

    Responder
  3. Josiane Bravo
    Josiane Bravo says:

    Que saudades dessa cidade linda que me conquistou. Esse passeio pelo Alcatraz é daquelas atrações que não podem faltar no roteiro de quem visita SF, e o embarcadero é uma graça, além de proporcionar uma vista incrível para o Bay Bridge <3

    Abraços

    Responder
  4. Dani Bispp
    Dani Bispp says:

    Estive em 2014 em São Francisco e uma das atrações que não fui, por opção foi Alcatraz. O fisherman’s wharf em contrapartida foi um lugar super interessante de passear. Uma pena que fizemos essa comilança toda da Ghirardeli, uau fiquei com água na boca.
    Dani Bispo
    http://www.abolonhesa.com

    Responder

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.