,

O pescador do Porto Palafítico da Carrasqueira

Há lugares que pararam no tempo. Que deixam um travo a nostalgia, como se nos tivéssemos esquecido de qualquer coisa lá atrás. Ou como se o passado nos puxasse a saia para que olhássemos para baixo. O Porto Palafífico da Carrasqueira é um desses locais.

porto-palafitico-carrasqueira-5

Localizado na freguesia da Comporta, no concelho de Alcácer do Sal, no litoral alentejano (mas distrito de Setúbal), este o Porto Palafítico da Carrasqueira foi construído pelas mãos dos próprios pescadores na década de 1960. Aqui, começou por se apanhar amêijoas, ostras e outros mariscos e o número de pescadores na Carrasqueira foi aumentando, o que fez nascer a necessidade de acomodar muitas embarcações.

porto-palafitico-carrasqueira-3

porto-palafitico-carrasqueira-2

Como a margem do rio Sado é uma zona lodosa, os pescadores sentiram a necessidade de criar plataformas que lhes permitissem chegar aos barcos sem se sujarem e com maior facilidade. A solução foi a criação de um cais de madeira que, desde então, tem vindo a crescer num ziguezague de passadiço de madeira ao longo do Estuário do Sado.

porto-palafitico-carrasqueira

porto-palafitico-carrasqueira-4

porto-palafitico-carrasqueira-6

No início de Setembro estive no Porto Palafítico da Carrasqueira e tive oportunidade de falar com alguns dos pescadores. O Jorge contou-me um pouco acerca da história da sua vida e aproveitou também para falar das Festa de Nossa Senhora dos Navegantes, que decorria nessa semana. Organizada pela Comunidade Piscatória da Carrasqueira, este é um momento de agradecimento, de alegria e de orgulho. Durante estas festas decorre o Círio fluvial, em que as embarcações desfilam decoradas pelo Estuário do Sado, numa espécie de procissão fluvial. Existe também baile, jogos tradicionais e música ao vivo.

Além do Porto Palafítico da Carrasqueira

Se estiverem de passagem pelo Porto Palafítico da Carrasqueira, não deixem também de reparar nas cabanas feitas de colmo, emblemáticas desta região. Estas habitações eram construídas pelos pescadores e trabalhadores rurais, aos quais a Herdade da Comporta não permitia construir casas com materiais mais duradouros.

porto palafitico carrasqueira

porto-palafitico-carrasqueira-8

Gostaram de conhecer o Porto Palafífico da Carrasqueira? Vejam também as 10 melhores praias da Costa Vicentina e Onde Comer na Costa Vicentina. Para mais informações sobre a Carrasqueira, cliquem aqui.

Chamo-me Diana.Gosto de ler, gosto de escrever e tenho ganho o gosto de viajar. Decidi juntar as histórias acumuladas neste espaço e chamei-lhe Contramapa. Porque nas contracapas dos meus livros existe sempre um mapa, um sítio onde ir, um local a descobrir. Aqui podem conhecer as minhas histórias e viagens em livro aberto.

Novidades, dicas de viagem e promoções diretamente na tua caixa de entrada. Introduz o teu e-mail para saber tudo em primeira mão.

CONTRAMAPA

19 comentários
  1. Marlene Marques
    Marlene Marques says:

    Já tinha ouvido falar do Porto Palafítico da Carrasqueira, mas, para dizer a verdade, não tinha bem a noção de onde exatamente ficava. Estes locais são tão mágicos, parece que o tempo parou aqui. Muito bonito, mesmo.

    Responder
  2. Caio Farias
    Caio Farias says:

    Muito legal as fotos e o lugar. Adoro conhecer vilas de pescadores e principalmente os moradores. É muito bom sentar e conversar sobre a forma de vida deles. No Rio de Janeiro, existem algumas longe da capital que preservam a simples forma de viver.

    Responder
  3. Pedro Henriques
    Pedro Henriques says:

    Esta é uma região que ainda não conheço, mas já vi que aqui não falta potencial: desde a parte mais natural do estuário à vertente patrimonial, sobretudo o valioso recheio etnográfico contido nas embarcações e habitações dos pescadores.

    Responder
  4. julidamore
    julidamore says:

    Nunca tinha ouvido falar deste lugar, e isto que é legal: viajarmos através da experiência dos outros. Vilas de pescadores sempre nos mostram a simplicidade da vida. Quando viajamos para destinos com praia, procuramos conhece-las.

    Responder
  5. Anónimo
    Anónimo says:

    Olá!!!!
    Assim como não conhecia Contramapa, também, não conhecia o Porto Palafítico da Carrasqueira !
    Parabéns !
    Espero ir ver, no lugar, mais esta beleza, um pouco escondida !
    Muito obrigada!

    Responder

Deixa um comentário

Gostaste do artigo?
Tens dicas para partilhar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.